SolidWorks World Japan Sob o Ponto de Vista do Presidente

  

Você já deve saber que o SolidWorks World 2012 acontecerá em breve, mas você sabia que já ocorreu outro SolidWorks World há algumas semanas? Na verdade, eu estava lá com alguns membros da equipe.

 

É claro que estou falando do SolidWorks World Japan, que ocorre sempre no segundo semestre do ano. Contudo, o evento deste ano foi um pouco diferente. Além do habitual evento em Tóquio, no dia 9 de novembro, ocorreu um segundo evento em Osaka no dia 11 do mesmo mês. Com os eventos SolidWorks World Russia e o SolidWorks World Israel, totalizamos cinco eventos SolidWorks World este ano.

Você deve se lembrar de que visitei o Japão no início do ano e fiquei impressionado pela forma com que a população local se organizou para se reerguer depois do terremoto e do tsunami ocorridos em março. Esse assunto continua em voga. Na verdade, houve participação recorde no evento realizado em Tóquio, com mais de 1.000 pessoas. O evento em Osaka atraiu 250 pessoas, número reforçado por mais 250 pessoas que acessaram a transmissão do evento na internet após o seu término. Esse número não é nada mal para uma primeira vez. Alguns destaques do evento:

  • Fiquei verdadeiramente inspirado pela principal palestra, ministrada pelo professor Ei-ichi Negishi, da Universidade de Purdue. O professor Negishi foi agraciado com o Prêmio Nobel de Química no ano passado. O que mais me impressionou em seu discurso foi a afirmação de que ele nunca pensou em elogios ou prêmios — simplesmente queria trabalhar com algo que fosse importante algo para ele. O que ele destacou foi que o sucesso chega quando se trabalha em algo em que você acredita, e que se você gosta do que faz, esse apreço o levará a realizar coisas incríveis.

            1

  • A equipe do SolidWorks Japan organizou uma festa CSWP, similar à que ocorreu no evento principal. Este foi o primeiro evento ao qual compareci desde que obtive a certificação e a equipe me presenteou com uma pulseira personalizada do evento, para exibir o meu status. A certificação CSWP é altamente valorizada no Japão e foi uma verdadeira honra participar desta comemoração e conversar com os nossos clientes japoneses.

2

  • Também encontrei com Masanobu Higashino e Makoto Yamamoto, vencedores dos concursos do SolidWorks 2012 e do Enterprise PDM 2012, versões beta, respectivamente. Foi ótimo conversar com eles sobre a importância dos testes das versões beta e saber as opiniões de todos sobre o SolidWorks 2012!

34
     

  • Os suíços podem se considerar os melhores fabricantes de relógios do mundo, mas eu apostaria que os japoneses são os melhores fabricantes de elevadores. Fiquei realmente impressionado com a suavidade deles. Pode parecer estranho, mas para projetar algo que funcione tão bem quando exposto ao uso repetitivo requer legítimas habilidades de engenharia. Em minha opinião, as equipes que projetam elevadores no Japão são verdadeiros especialistas.
  • 

É claro que aconteceram inúmeras sessões de treinamento, apresentações aos usuários e até mesmo uma reunião de grupo de usuários do SolidWorks, o que é muito mais do que um simples texto de blog pode descrever. Mas o que realmente me empolgou foi notar que a comunidade SolidWorks continua vibrante, dinâmica e positiva, apesar dos desafios que o país enfrenta. Os nossos clientes, revendas e funcionários japoneses fizeram coisas incríveis nos últimos oito meses e eu estou ansioso para ver o que eles estão preparando para o próximo ano. Caso já tenha participado do SolidWorks World Japan, deixe um comentário e dê a sua opinião.

5

-Bertrand Sicot
CEO DS SolidWorks